domingo, 26 de agosto de 2012

Dá para ter um relacionamento moderninho com um árabe ?

Dá para ter um relacionamento moderninho com um árabe? Conexão Oriente Responde

Habibas,

Faz tempo que não posto nada sobre relacionamentos, porque como devem ter visto na TV, a coisa na Síria andou feia e agora parece estar caminhando para o fim da guerra entre soldados e rebeldes. Esta guerra embora esteja ocorrendo há mais de 10.000 km de distância me afeta profundamente que me faz sentir as vezes vivendo mo meio desta guerra violenta. Até agora tem sido muito difícil pois o medo de que algo ruim possa vir acontecer com Ahmed ou alguém de sua família, aumenta quando as comunicações são cortadas e a cidade dele fica sem telefone, celular e internet ... para mim é a pior parte !

Mas  ele está bem e seguro e assim que a situação ficar um pouco melhor, ele vai poder voltar a se preparar para vir para o Brasil e como os documentos já perderam a validade, ele vai ter que solicitar tudo de novo e começar literalmente do começo.

Pois bem, voltando ao assunto do post sobre relacionamentos com árabes e a possibilidade de se ter ou não um relacionamento mais moderno ... como os praticados aqui no Brasil !

Se alguém me perguntar, se existe a possibilidade de se ter um relacionamento, namoro ou whatever mais moderno com um homem árabe muçulmano, ou turco, indiano, marciano.

Minha resposta será sim e vou explicar o porque antes que alguém venha dizer que eu estou entrando em contradição!

Se você moça, quer ter um namoro nos moldes praticados no Brasil com um homem muçulmano, principalmente árabe ou turco. Eu acho que é possível mas não vai pensando que é algo tão simples por que existe, digamos contra-indicações severas.

Você que quer curtir a vida sem apegos, que conhecer a Turquia ou outro país muçulmano mais liberal como o Líbano por exemplo. E para curtir em grande estilo, você deseja a companhia de um árabe ou turco bonitão para te acompanhar pelos passeios, dar um beijos e algo mais. Você pode sim, quem disse que não? Mas vou logo avisando que se quer ficar desse jeito com um muçulmano pode por na cabeça que este homem não vai te dar valor algum, possivelmente será um tipinho que não vale um tostão furado e ainda pode te dar um baile.

A mesma dica serve para quem conhece um árabe aqui no Brasil e acha que pode ter um namoro liberal  como é praticado aqui e que o cara vai casar com você depois. Por isso digo, se és uma pessoa desencanada, que não quer casar, não pensa em ter uma família mas quer experimentar o tempero árabe sem compromisso é por sua conta e risco.

 Eu durante este tempo que namoro o Ahmed e antes com o Mahmoud eu sempre dava um jeito de testar os meus habibis e ver qual era a deles. Mas sempre no talento, nunca perguntava do nada, mas arrumava um jeito de fazer perguntas para conhecer o caráter deles.

E umas das perguntas, na verdades era meio que propostas eram coisas do tipo: se nós podíamos ter um baby antes do casamento para deixar a gente mais unida ou coisa do tipo. Eles sempre negavam a proposta pois era haram e o baby não poderia nascer sem ter os pais casados e unidos. Ou também morar junto sem casar, jogava que no Brasil, esse tipo de união é legal. O que eles também não concordaram e acharam que não é certo e tal. Mas eu sempre perguntei isso de forma mais sutil sem usar as palavras acima pois senão eles podiam desconfiar e ficarem em bravos comigo!

Mas para quem deseja casar, formar uma família ... tem que seguir a cartilha e fazer a coisa certa e nada de muitas intimidades com ele. Porque sendo homens com certeza vão gostar mais o respeito dele por vc vai por água abaixo e bye bye casamento.

Para as meninas solteiras, que querem curtir a vida e querem ficar com árabes ou turcos a moda brasileira, sem compromisso, eu não vejo mal nenhum desde que a moça não se iluda, tendo um relacionamento moderno com um muçulmano, achando que depois ele vai mudar de idéia e casar com ela. Isso pode ate acontecer se o cara se apaixonar mas isso é a exceção não a regra.

Na época do Orkut, lá atrás em 2007/2008, eu conheci uns rapazes turcos playboys de Istambul que ficavam direto com meninas brasileiras que trabalhavam lá como modelos e tal. Um desses meninos, o Berkan disse que ficava com elas porque eram bonitas, simpáticas e fáceis. As meninas ficavam com ele porque estavam lá modelando e nas horas vagas saiam com os jovens ricos de Istambul e todo mundo ficava feliz e contente. Os turcos tinham meninas bonitas e disponíveis para sexo fácil, já as meninas ficavam com os caras ricos, passeavam de yatche para cima e para baixo no estreito de Bósforo, comiam nos melhores restaurantes, frequentavam as boates da moda, ganhavam presentes caros e não tinham do que reclamar. Mas Berkan também disse que quando chegasse a hora dele formar uma família, não seria com aquele tipo de garotas que ele iria se casar.

Para quem deseja só curtição, beijar na boca e dormir com árabe, turco, japonês muçulmano sem estar casada, pode claro que pode mas se tiver o azar de se apaixonar pelo cara ... pode tirar o camelinho da chuva porque nem que vc se jogue na ponte de Bósforo ele vai firmar compromisso sério com você ou com qualquer garota nestas circunstâncias.


O post não é moralista nem nada ... isso é somente a realidade nua e crua que muitas meninas brasileiras desconhecem e por conta disso passa por maus bocados !

No Oriente Médio o machismo ainda predomina então manda quem pode e obedece quem tem juízo! Feminismo por aquelas bandas é quase nulo.

Falando em machismo, os turcos são bem mais chauvinistas do que os árabes. Eles pensam cada coisa das mulheres ocidentais, que até vontade de rir por saber que tem pleno ano de 2012, exista gente com uma mentalidade tão fechada que fica difícil manter a fé na humanidade.

Umas das " desculpas" para não ter compromissos mais sérios com meninas que eles julgam serem fáceis, é de que elas seriam mais propensas a trair o marido. Sério turco tem  tanto trauma de chifre, que negocio chega a ser cômico se não fosse trágico. Eu ja ouvi cada uma que sério .... seria melhor se surda de que ouvir tanta coisa machista que sai da boca desses caras. 

Eu fico pensando, será que o Tarkan , aquele deus turco, é um sujeito machista, que morre de medo de tomar um chifre e por causa disso nunca casou!? Esse povo precisa se fazer análise urgente !

Bem meninas, acho que por hoje é só ..... se eu fosse escrever tudo que ouvi e vi .... daria uma  enciclopédia!

Bauces

Salam Waleikum !!!


Reações:

45 comentários:

  1. Muito legal e bom informativo... o que é a liberdade? se as meninas realmente querem um amor sem compromisso não podem esperar um casamento com um homem desses e eu gostei dos testes vou tentar saber algumas dessas peguntas com o habibi... adorei =]

    ResponderExcluir
  2. Salam, Andreia! Saudades de você!

    Compreendo sua angústia em relação à guerra e, de coração, desejo que tudo termine bem o quanto antes. Até hoje, não entendo como a humanidade caminha para a barbárie.
    Peço a Allah, que um dia, possamos ter mais paz de verdade.
    Seu texto está ótimo e, como não poderia deixar de ser, há sempre um traço bem humorado.
    Parabéns!

    Bauce :)

    ResponderExcluir
  3. Salam habiba...como sempre' nos orientando sobre relacionamentos..e eu por exemplo converso mt com vc sobre meu habibi...e nunca eskeço oke me disse: questione com sutileza e sempre fike com o pé atras seja ele brasileiro ou arabe...estou caminhando com o meu desde abril e falamos sobre tudo, inclusive filhos...q ele nao ker...mas estamos resolvendo esta parte...bom eh isso...se nao falo demais hehe tks habiba! Bauce

    ResponderExcluir
  4. Salam Ana !

    Cada mulher usa sua liberdade da melhor forma que lhe convém mas depois reclama porque os homens não querem nada com elas !
    No talento, vc descobre o carater dele, o que ele pensa e o mais importante: o que ele realmente quer com vc !

    Boa sorte !

    ResponderExcluir
  5. Salam Denise !

    Obrigada por suas palavras suaves e acolhedoras ... com certeza a pior parte é não saber se ele está bem ou não !
    Também peço que acabe logo não só para poder ter ele perto mas para ter certeza que ele não corre nenhum risco mais.
    Eu tento passar de forma mais leve possivel a realidade das Arabias!

    Bauce

    ResponderExcluir
  6. Salam Elaine !

    Pois é habiba, tem que conhecendo aos poucos e saber fazer as perguntas certas nos momentos apropriados ...
    Aos poucos vc vai mudando ele .... e ele vai querer se adaptar a voce tbm.
    Todo casal precisa disso, seja brasileiros, árabes ou chineses heheehehehe

    Bjs

    ResponderExcluir
  7. Gostei muito do seu blog e voce abordou um tema super importante! bjs

    ResponderExcluir
  8. Salam Star !

    Obrigada!

    é sempre importante conhecer o chão onde pisa né ?!

    ResponderExcluir
  9. Olá, é minha primeira vez aqui no seu site! Obrigada pelas dicas mas eu acho que eu tenho alguém diferente. Eu estou morando na suica, fazendo um curso de hotelaris, e aqui eu conheci um árabe, príncipe de bahrain, um país perto de qatar. Se possivel queria ter uma conversa contigo, estou vivendo uma situacao muito especifica que talvez seus conhecimentos possam me ajudar!

    obrigada!

    ResponderExcluir
  10. Salam Danielle!

    Principe do Bahrein?
    Qual deles, tem uns que já são casados! Sheikh Nasser e Sheikh Khalid? Ele disse que é do clã Hamad al Khalifa?
    Bom checar se ele é mesmo na familia real ou quer dar uma de principe!
    Qualquer coisa entra lá na Fan Page do blog e mande uma mensagem privada se quiser mais discrição!

    Abraços

    ResponderExcluir
  11. Para quem escreveu o post, digo que nao sao so os turcos que acham que mulher facil pode trair com mais facilidade. 99% dos homens do planeta todo tambem acham isso.Sejam eles de qualquer raça,religiao ou cultura.Se ela foi facil comigo, vai ser facil com os outros.Mas cuidado tambem com as falsas santas e dificeis ,essas sao ainda piores.Ja pensou o cara compra apartamento e moveis financiados em 300 vezes,casamento e cerimonia caros e depois descobre que sua amada ta tendo encontros as escondidas a 5 anos com outro...E que seu amado filho nem seu e. Essa e de lascar habib rs...rs...So sei que cada vez mais o chifre ta comendo solto hoje em dia(de ambas as partes). Tem que saber escolher e dar muita sorte.

    ResponderExcluir
  12. Salam Rodrigo!

    Infelizmente tem pessoas que são mau-carater, traidoras e mentirosas em todos os cantos do planeta.
    Mesmo em locais com uma cultura e religião mais austera com as do Oriente Médio.
    Mesmo com as punições islamicas algumas pessoas tendem a ser fora da lei mesmo lá !!

    ResponderExcluir
  13. Sorry habiba mas Tarkan tem outros interesses !

    ResponderExcluir
  14. O post não é sobre a vida pessoal do Tarkan ! Fica a dica !!

    Abraços

    ResponderExcluir
  15. Na verdade, tive relacionamento com apenas um turco. Conheci ele em 2006, antes da minha primeira viagem à Turquia, pela internet. Nos comunicamos e tal, mas como eu já estava planejando a viagem desde o ano anterior, não foi exclusivamente por causa dele que fui pra lá. Fiquei uns dias na casa dele, conheci os pais, os primos, menos o irmão que estava estudando em outra cidade na época. A família dele é ateia, o pai dele chegou a me dizer que não acreditava em Deus. Mas, enfim, ficamos juntos quase todos os 15 dias que fiquei lá , e claro, rolou, mas senti mesmo que o que ele queria não era casamento. Ele chegou a me alertar que me arrisquei em fazer isso, ir para um país que não conhecia e ir para a casa de alguém que não conhecia, que se ele fosse uma pessoa de má índole, poderia fazer o que quisesse, afinal, ele estava no país dele, amparado pelas leis do país dele. Dei razão a ele, pq dei sorte.
    E mais: apesar de ele ter dito que caso eu me mudasse para lá (por minha conta e risco, óbvio!), ele "até se disporia a casar comigo". Mas vi que a coisa não era séria, ele não queria relacionamento sério comigo. Fui fácil? Talvez. Se for pra casar, é claro que escolherão turcas pra isso e ele não será exceção. Somos amigos até hoje, apesar disso tudo, compreendi que o que ele queria comigo era amizade. Se rolasse um sexo de novo (como depois, em 2008, não permiti), por ele, tudo bem, afinal "sou brasileira"! hehe

    ResponderExcluir
  16. Na verdade, tive relacionamento com apenas um turco. Conheci ele em 2006, antes da minha primeira viagem à Turquia, pela internet. Nos comunicamos e tal, mas como eu já estava planejando a viagem desde o ano anterior, não foi exclusivamente por causa dele que fui pra lá. Fiquei uns dias na casa dele, conheci os pais, os primos, menos o irmão que estava estudando em outra cidade na época. A família dele é ateia, o pai dele chegou a me dizer que não acreditava em Deus. Mas, enfim, ficamos juntos quase todos os 15 dias que fiquei lá , e claro, rolou, mas senti mesmo que o que ele queria não era casamento. Ele chegou a me alertar que me arrisquei em fazer isso, ir para um país que não conhecia e ir para a casa de alguém que não conhecia, que se ele fosse uma pessoa de má índole, poderia fazer o que quisesse, afinal, ele estava no país dele, amparado pelas leis do país dele. Dei razão a ele, pq dei sorte.
    E mais: apesar de ele ter dito que caso eu me mudasse para lá (por minha conta e risco, óbvio!), ele "até se disporia a casar comigo". Mas vi que a coisa não era séria, ele não queria relacionamento sério comigo. Fui fácil? Talvez. Se for pra casar, é claro que escolherão turcas pra isso e ele não será exceção. Somos amigos até hoje, apesar disso tudo, compreendi que o que ele queria comigo era amizade. Se rolasse um sexo de novo (como depois, em 2008, não permiti), por ele, tudo bem, afinal "sou brasileira"! hehe

    ResponderExcluir
  17. Salam Leticia!

    Gostei muito do seu comentário! De abrir sua própria estória em público e alertar outras meninas!
    As vezes os caras de fazem até de modernos para ficar com as brasileiras. Deixam de explicar como são os costumes lá, mesmo que seja só para namorar.
    A questão não é ser facil ou dificil. A questão é o risco de expor, de se colocar numa posição vuneravel justamente por não conhecer bem os costumes de lá.

    Abraços

    ResponderExcluir
  18. Oi, Andréia

    gostei muito de você ter falado sobre os homens turcos. Estou "namorando" um deles e tenho muito medo, pela minha falta de conhecimentos na "área". Estamos nos comunicando desde setembro de 2011 e desde então ele me diz que sou muito especial e que não sou "frívola" como as moças turcas. Ele não parecia ter muito interesse em vir para o Brasil e depois de um desentendimento, deixei de responder suas mensagens. Uma "amiga" minha o adicionou no orkut para ter sexo virtual com ele. Ele foi sincero e disse que já teve este tipo de relação, mas diz que eu sou diferente por que sou inteligente e madura. Até deu chilique só de pensar em homens me procurando por esta razão, mesmo que eu não quisesse. Enfim, fiquei mais de um ano sem falar com ele e voltamos a nos corresponder há algumas semanas. Ele diz que esperou por mim, durante este tempo e que ficou triste porque eu não quis ouví-lo quando tentou se desculpar. Disse que poderia deletá-la se eu quisesse. Ele mudou de ideia quanto a viajar. Já fala em vir para o Brasil quando terminar a faculdade de veterinária, para se casar comigo, mas diz que a família não pode saber, pois como você citou no post e ele já havia me dito, os turcos no geral pensam que todas as brasileiras são prostitutas. Nas palavras dele, se eu me casar com ele, que é um bom muçulmano (ele é de Konya e ensinava o Islã para crianças, quando vivia por lá), eles vão me respeitar. Achei interessante o fato de ele não me expor perante a família e os amigos. Penso se é só isso, proteção, ou se ele age como um Muslim don juan. Ele não queria nem me dar o endereço um ano atrás, e agora me pediu que lhe escrevesse cartas. Estou super confusa, pois não sei se devo revelar para ele que estou lendo o Quran. Minha mãe sempre me disse que me educou para ser uma mulher livre, já que seu casamento com meu pai foi torturante. Tenho medo de deixar que ele pense que quero me submeter às suas "leis" e futuramente me converter e terminar por magoá-lo ou a mim mesma. Ele disse que intende o fato de eu não ser virgem e diz que gostaria de ser o primeiro, mas que também ficaria feliz que eu fosse sua primeira e única mulher. Ele parece realmente me amar, pois todas as suas palavras e ações são neste sentido, mas lendo seus posts, vejo que talvez minha atitudes, voluntariosas e "ocidentais", poderiam tê-lo feito pensar mal de mim. Ele passa tantas horas conversando comigo pela internet que acho impossível que consiga conciliar com outras mulheres. Vejo em seus olhos muita ternura. Mas confesso que seus posts me assustaram. Me socorre, por favor!!! Se mais alguém tiver experiência com turcos, por favor, me conte!!! Beijo

    ResponderExcluir
  19. Larissa!

    Relacionamentos com pessoas de culturas diferentes náo é facil mas não é impossivel.
    Ambos tem que ceder um pouco. Ele não pode impor a cultura e religiosa dele como requisito para ficar com ele e nem voce colocar os habitos e cultura ocidental como melhores e mais civilizados.
    Sobre a familia, a maioria das meninas que tem ou tiveram relacionamentos com muçulmanos, no geral afirmam que o cara quando esta interessado vai falar com a familia, ja que a opinião da familia conta muito por la.
    Se ele te esconde da familia dele pode ser um sinal não tão favoravel, uma vez que a maioria age assim porque é da cultura deles.
    Espero ter ajudado

    ResponderExcluir
  20. Andreia você falou que já ficou noiva de um turco e agora esta namorando outro.
    Minha duvida é, vocês nunca tiveram relacionamentos intimos.
    Só depois do casamento?

    Para mim (independente de cultura) homem que pensa em ficar com uma mulher só por sexo porque ela é facil já não tem carater algum e não sera um bom companheiro.

    ResponderExcluir
  21. Olá Maria Cleide.

    Eu nunca namorei turco, somente sírios.
    Sobre detalhes particulares e intimos eu não falo no blog.
    Carater não tem a ver com nacionalidade mas a cultura e os costumes de lá são muiito mais machistas que os nossos, por isso tantas meninas e mulheres tem de dado mal nesses relacionamentos das Arabias!

    ResponderExcluir
  22. Ai meninas ... sem querer magoar ninguem! Nao percam seu tempo ...
    O Arabe so de olhar, ele ja pede em casamento!
    Essa palavra namoro nao existe desde criança para eles ...sao bem criados!
    Se ele gostou ele casa ... simplesmente isso.
    Muçulmanos verdadeiros.
    Ja namorei cm um egipicio 2 anos ... e nao deu em nada "pq foi namoro " ...
    O segundo egipicio simplesmente me viu e pediu minha mao ... hoje somos casados!
    Ele me revelou tudo sobre os homens e relacionameto cm brasileiras ... cada homem eh diferente concordo ... mas todos os árabes sao criados somente de um jeito em relação a mulher o "casamento" se nao te assumiu pra familia e nao tocou nesse assunto ...acho bom desiludir e ir em busca de um brasileiro.
    Abssd

    ResponderExcluir
  23. Olá Renafarid!

    Quando um homem gosta de uma mulher de verdade, ele fica com ela.
    O objetivo dos posts é para alertas as meninas sobre os zé caça-passaportes e outros golpistas"

    Abraços

    ResponderExcluir
  24. Oi adorei esse blog... Mas eu queria saber se há uma forma de conquistar o coração de um árabe? Eu acho eles tão lindos.

    ResponderExcluir
  25. Olá Lysian !

    Hum eu não sei como se consquista especificamente um árabe. Na verdade eles é que conquistam !

    Abraços

    ResponderExcluir
  26. Ando envolvida com um paquistanês, em menos de uma semana ele fizera-me a proposta: Virei ao Brasil caso aceitar casar-se cedo comigo. Eu lógico não concordei, pois era estranho. Pensei: Ou é algo cultural tamanha rápides ou esse cara é o maluco do parque. Já faz mais de dois meses que conversamos(apesar de ele andar sumido tenho contato com o irmão dele)e continuo a pesquisar, o que deveras me foi bom, tornou-me mais atenta. Ele me ofereceu passagem para o Paquistão, para conhecer sua família e casar-me com ele. Perguntei se a família dele não seria contra, ele disse que não (o que achei estranho, muçulmanos tendem a ser bem conservadores, raramente se casam com estrangeiras)o irmão dele também disse que não. E apesar da tal comodidade não aceitei por ser muito dependente. Não consigo nem pegar um Ônibus, sair por ai sozinha, imagina andar de avião? Falei que antes precisaria conseguir a confiança de minha familia. Faizan pediu-me então que pesquisasse como funcionava o visto por aqui, me opinou para usar a procuração, e eu contextei pelos fatores de perigo (acho que fiz certo)disse que era melhor ele pegar visto de turista por certo tempo, por que caso ele não se adapte tem como voltar atrás. Ele aparentou-se bem triste por minha desconfiança, mais até o irmão dele Yasir entendeu a minha situação. Enfim, agradeço por todas as dicas que tem exposto em seu blog, é bastante útil.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Marcela , o que deu seu paquistanês, estou em uma situação semelhantes só que o meu...É advogado e vai largar tudo ´para morar comigo no Brasil.

      Excluir
  27. Olá Marcella!

    Sempre aconselho desconfiar não porque o cara é arabe, turco ou paquistanês. E sim porque é uma relacionamento virtual. Onde é mais dificil saber dos antecendentes da pessoa, da familia e coisas do tipo.
    O ideal seria ele vir ao Brasil, te conhecer pessoalmente e vc a ele. Para depois sim decidir pelo casamento!

    Abraços

    ResponderExcluir
  28. Isso que também acho Andréia. Não o levo a sério, só acredito vendo.

    ResponderExcluir
  29. Olá Marcela!

    Precisamos ficar bem atentas a todas as atitudes deles, principalmente aquelas que são contrarias a fé islâmica, pois ser indicios de que ele não uma cara sério e confiavel!!

    Andreia

    ResponderExcluir
  30. Oi Andréia eu quero te falar sobre meu caso e te peço muito um conselho! Em Janeiro eu conheci um arabe chamado Mohammed Alshawi na verdade ele que entrou em contato comigo por uma rede social...Ele sempre mandava mensagens pra mim e eu nunca respondi, até que um dia pela insistência dele eu respondi ...Começamos a conversar ele disse me achar bonita me perguntou se eu era casada eu repondi que sim que eu era casada e tinha 3 filhos...em seguida eu perguntei a ele se ele era casado e ele disse que era divorciado e tinha um filha fruto desse casamento...Conforme íamos conversando ele sempre bem carinhoso e atencioso em suas palavras pra minha surpresa ele se declarou pra mim disse que me ama eu disse que isso era impossível que ninguém ama uma pessoa em tão pouco tempo então ele me disse que com o tempo ele iria me provando seu amor por mim...conversavamos bastante ele sempre me dizia aonde vai e com quem vai ate que um dia ele sumiu passou dois dias sem falar comigo e quando me enviou uma mensagem disse estar muito doente e me mandou uma foto ,nessa foto ele me mandou deitado numa cama com um Edredom rosa infantil ai a minha ficha caiu detalhe eu sempre perguntei sobre o porque do divórcio ele sempre se escrivo e não gostava de falar no assunto.Pôs bem quando eu vi a foto eu perguntei a ele se ele estava na casa da "ex esposa"dele ele disse que não eu não acreditei e quando eu precionei ele, ele me confessou que ainda era casado e coorava com a esposa mas por obrigação ,que não amava ela que casou-se contra a vontade e que ainda esta casado pela a filha de 6 anos . na hora eu não consegui segurar as lágrimas chorei muito fiquei numa tristeza imensa muito desapontada com ele....parei de responder suas mensagens e por instância dele voltamos a nos falar ,ele nunca me mediu em casamento mas demostra ser muito ciumento e possessivo ele exigiu que eu tirasse minhas fotos do meu perfil para que outros homens não nas vejam e nem baixem disse com todas as letras sou um árabe sou ciumento é da minha natureza apenas me entenda...ele me pediu sexo eu disse que não que não faria isso,ele ficou desapontado disse que me amava muito,que me respeita ,que o sexo seria a forma de nos sentirmos mas próximos um do outro e assim vai ....Já tentei me afastar dele mas não consigo ele é insistente e agora após saber um pouco de nossa cultura me pediu pra não comer mas carne de porco pôs a religião dele não permite e é considerado haram e nem vinho e qualquer bebida alcoólica ...ele me demostra super carinhoso todos os dias me pergunta como eu estou e diz que me ama o tempo todo...mas nunca tocou no assunto de casamento uma hora ele diz que estar pensando numa forma de vim me conhecer no Brasil outra hora ele me deixa a intender que isso nunca será possível... Quando toco no assunto dele vir ao Brasil me conhecer ele diz que esperar pelas surpresas da vida e nada mas...ele sempre me manda fotos dele com a filha eu já pedi uma foto da esposa dele pra mim conhecer ela ele diz não ter fotos dela no celular dele e que ia tirar uma foto dela quando possível e ate hoje nada nos falamos janeiro desse ano..Andreia você conhece e já teve experiência com pessoas muçulmana eu te peço um conselho uma opinião eu estou confusa e não sei o que fazer....me ajude por favor

    ResponderExcluir
  31. Olá Patricia!

    Ele pode casar de novo se quiser, mas ele ficar de flerte com vc é um haram mais grave do que comer carne de porco e beber vinho.
    Ele pode casar com até 4 mulheres mas não pode ficar de namorico.
    Se ele gostou de vc e vc dele bastar divorciar e tu pode ser a segunda esposa, vai ver é isso que ele quer e não teve coragem de dizer ainda!

    ResponderExcluir
  32. Olá Andreia!!!
    eu via a história da Patrícia e vou contar um pouco da minha.Eu conhece um indiano já faz uns 8 messes através do marido de uma amiga que também é indiano no casso é o melhor amigo dele desde a infância.Moravam na mesma rua estudaram juntos, fizeram curso na mesma faculdade mas ao terminar cada um foram buscar melhores condições de vida para poder dar a suas famílias...Então partiram rumo a Arábia Saudita para poderem trabalharem cada um em cidades diferentes.Daí minha amiga conheceu o marido dela pelo Orkut em 1999 se não me engano, então passar alguns anos em final de 2012 ele veio pra o Brasil e o amigo tinha ficado lá em Jubail trabalhando nas forças armadas.Em fim não vou me prolongar muito nesse assunto pois tenho que falar da minha história com o tal indiano mas é que não pra começar sem falar um pouquinho deles pois através deles que conhece o meu indiano...Então como eu já mantinha uma amizade muito forte com essa amiga mesmo nunca tendo visto pessoalmente mas sempre tive confiança nela pois por que tínhamos algo em comum a religião tanto eu como ela somos evangélica e daí pra mim começaria um grande problema...Minha amiga se casou em setembro do ano passado depois de tantas conversas com o marido e sempre tive contato com eles até hoje tanto que ela á alguns dias me disse que seria a madrinha do filho deles.Agora sim começo minha história todas as vezes que falava com eles sempre o marido dela me dizia vou arrumar um marido pra mim...Ele dizia que eu sou a sobrinha dele e é assim que ele me chama de sobrinha e eu o chamo de tio e ela de tia de brincadeirinha?E como eu já tinha passado por uma decepção com um indiano não queria me decepcionar de novo.Um belo dia ele me apresentou dois amigo pelo face um morando aqui no Brasil e outro lá na Arábia, logo recebe o convite dois mas eu sempre quis fazer novas amizades aceitei começar uma amizade sempre deixei claro isso pro os dois o que mora aqui no Brasil até hoje é meu amigo até hoje nunca me respeitou o outro começamos uma amizade que com uma semana ele já tinha me pedido em namoro disse a ele que só queria amizade ele disse eu sei esperar e assim dia pois dia ele conquistou meu coração me apresentou a família dele todas por fotos é claro e disse que me amava e queria algo serio comigo.Sempre me respeitou nuca me pediu pra fazer estranho tipo mostra fotos de bi quine ou algo do tipo, ao contrario sempre diz coisas lindas diz que sou doce gentil e amável e sempre me chama de meu mel.
    (COMO FICOI MUITO GRANDE MINHA HISTÓRIA MANDAREI O RESTANTE EM SEGUIDA)

    ResponderExcluir
  33. (AQUI O REATANTE)

    Gente não tem como não se apaixonar por uma pessoa que sempre te trata bem e diz coisas lindas como ele mas sei que na pratica nem sempre é assim!!! Uma coisa é a pessoa falar que te ama que faz tudo por você tanto longe uma da outra e outra coisa bem diferente é quando convivem na mesma casa por que é aí que você começa a ver as diferenças...Mas com quem me apresentou foi o melhor amigo dele que por sinal vivem bem com minha amiga apesar das diferenças eu ainda me relacionando com ele por isso comecei falando dessa minha amiga entende?
    Ela diz que o dela cuidou dela quando ela estava doente ficou ao lado dela em todos os momentos e ela reconhece isso mas fala que ele só é um pouco ciumento na questão vestimenta ele fala das roupas dela que deveria ser como as muçulmanas mas eu não vejo nada d + no modo dela se vestir pois somos evangélicas e as roupas não são curtas...A verdade que eu tenho medo de tomar essa decisão e depois me arrepender afinal se minha amiga casou e se dar bem com ele apesaras diferenças não significa que comigo será igual entende???
    O meu indiano me disse na quinta feira que em outubro virá ao Brasil me ver e isso tenho medo não sei como vai ser isso...Ele me deixou bem claro que ele viria casar comigo e morar aqui no meu país não queria voltar pra Arábia nem tão pouco pra Índia pois ele sempre me disse que a família dele nunca aceitaria se casa-se com uma estrangeira muito mais de outra religião pois já que a família dele é bem tradicional e sempre ele disse primeiro caso depois conto pra minha família e assim também foi com minha amiga até hoje a família dele não sabe do casamento...Mas eu tenho medo por que conheço casos de gente casar sem que a família do saber e hoje ta sofrendo o monte pois a família descobriu que o filho casou escondido e a mãe inventou está doente a beira da morte pra o filho e ver e quando ele chegou lá a família prenderam ele e obrigaram ele a casar com outra mulher e a esposa Brasileira está a um ano a espera dele...por favor me ajudem estou muito confusa não sei o que fazer a minha mãe já até conhece ele claro tudo pela can e ela não se opôs a nada meu pai ainda não sabe e sei que quando souber não aceitará muito...Tenho medo de me iludir e depois ficar sofrendo o que eu faço Andreia?Como minha história é muito loga tem muitas coisa que não contei queria conversa em particular com você vou deixar mel email ok?aimarangel20@hotmail.com
    assinado: Angel

    ResponderExcluir
  34. Salam..
    Gostei muito do seu Blog, adorei as dicas...
    Eu conheci um Libanês e me apaixonei por ele..ele mora em SP e está a 7 anos no Brasil...Ele trabalha numa assistencia tecnica de celulares proximo a onde ele mora...ele é, muito gentil, lindo e jovem...22 anos...e eu também 22 ...ele parece bastante interessado em mim...só q as vezes e some e fica uns 6 a 7 dias sem falar comigo...só q eu também não mando...ai quando ele manda msg fala q quer me ver..e pergunta oq sinto por ele

    ResponderExcluir
  35. oLÁ aYMAR!

    Queria te ajudar mas não sei como. Não não conheço muito a cultura indiana nem os costumes. Acho perigoso a situação de casar sem a familia dele saber. Já começa mal, ele tem que falar com a familia dele, se começa com mentiras não vai acabar bem! Tem certeza de que ele já não é casado ou tem uma pretendente lá ? Ele tem uma vida estavel no pais que mora? A paixão nos deuxa cegas e impedidas de enxergar a realidade com clareza. Vc já conversou com o pastor da sua igreja. O que sua familia acha disso? Vá com calma, não se empolgue e use a razão pois ela é mais confiavel do que seu coração!

    Abraços

    ResponderExcluir
  36. Olá Cristiane!

    Continue conversando com ele pra saber no que vai dar !

    ResponderExcluir
  37. Olá,Andréia

    Seu blog é muito bacana alerta as meninas sobre os perigos dos relacionamentos com pessoas de culturas diferentes.
    Eu tenho bastante contato com árabes da região de voz do Iguaçu por motivos profissionais, eles são de diferentes países e infelizmente para tristeza de algumas meninas que alimentam o sonho de casar com um árabe, 99% deles consideram as Brasileiras como prostitutas, mulheres fáceis para serem usadas e depois casarem com mulheres de sua própria nacionalidade.
    Se alguma menina namora um árabe e vai pra cama com ele antes do casamento, pode esquecer de casar com ele; não digo que nunca haverá uma exceção mais em 90% dos casos ele vai partir pra outra ou continuará usando essa garota até se casar com sua prometida.
    Parabéns continue fazendo esse trabalho alertando e não deixando que meninas se iludam com contos de fadas.
    Abraços!!!

    ResponderExcluir
  38. OLá Junior obrigada por comentar!
    O foco deste blog é alertar sobre os perigos de relacionamentos com homens do Oriente Médio que começam pela Internet, onde qualquer pessoa pode fingir o que não é .
    Abraços

    ResponderExcluir
  39. ola primeiramente queria te dizer que amo suas dicas de como se relacionar com os lindos charmosos habibis e gostaria de tirar uma duvida;namoro com um sirio de Derbassiye, Al Hasakah, estou gostando muito dele ele fala muito da familia dele e quer que eu os conheça,mas tenho tanto medo deles não gostarem de mim por eu não ser do pais e nem da religião deles,me diz como foi encarar a familia do seu habibi a primeira vez??eles te tratarao bem??eles tem algo contra os filhos namorarem com estrangeiras??oque vc me aconselha fazer para não ter problemas com a familia dele?oque devo fazer e não fazer jamais em respeito a familia dele??não conheço bem sirios como vc me ajuda!!!

    ResponderExcluir
  40. Salam.
    Desde Maio que eu estou me conectando com um rapaz Tunisiano. Eu sou Portuguesa e sou casada há 9 anos e tenho uma filha com 4. Não sei o que se passou comigo maseu começei a falar com esse rapaz via chat no facebook; disse ao meu marido o que andava a passar; julgo que devo-me ter apaixonado por esse rapaz; ele diz coisas muito agradáveis de ouvir, quer casar comigo, primeiro claro quer que eu me divorcie e vá ter com ele à Tunísia, para o casamento. Em relação ao país onde puderiamos morar ele não se importa, tanto pode ser Portugal como outro país desde que estejamos juntos. Ele disse que me ama muito e que deseja só ficar comigo e dar irmãos è minha filha. Eu não sei que pensar. Ajudem-me

    ResponderExcluir
  41. Existe alguma forma de compromisso de um cristão com uma mulçumana? E como.pode fazer pra acabar?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Homem não muçulmano com mulher não muçulmana pela religião não pode haver casamento. O que o pessoal usa pra burlar isso é casar em outro país!

      Excluir
  42. Oi, Andreia.! Adorei seu blog. Esclarecedor sem ser parcial. Vou explicar o meu caso: há alguns meses me correspondo com um rapaz paquistanês, bem mais novo que eu. No início ele queria esse negócio de sexo virtual. Eu disse que não, que queria apenas amizade Só agora estou percebendo que eles não entendem dessa forma. Depois de um tempo começaram a surgir uns " I love you". E o pior é que sou casada. Ele é casado e tem um filho. O que eu acho estranho é ele me mandar as fotos dos três juntos, e logo em seguida um 'love you". A esposa dele falar comigo no telefone , no messenger.Sei que ele é daqueles que têm um monte de "amigas" virtuais; ou seja, não presta! Mas gosto muito dele....

    ResponderExcluir